Entendendo o Problema: Sobre Aspiração, Asfixia… #porumpastosomelhor

No post anterior, falei sobre os sinais de disfagia. Neste post quero aprofundar o assunto falando sobre o problema dos engasgos…a Asfixia, a Aspiração Pulmonar e seus riscos. A aspiração é muito comum no paciente disfágico e que pode inclusive passar despercebido. Ela pode levar à pneumonia, por isso é tão importante saber reconhecer os sinais. A tosse é um sinal de que a pessoa está tentando desobstruir a via aérea, porém nem sempre ela está presente nos pacientes com disfagia.

Vejamos detalhes sobre o problema:

A asfixia (Sufocação) ocorre quando um objeto (neste caso, o alimento) se aloja na via aérea e impede parcial ou totalmente a respiração.

  • quando a via aérea é parcialmente bloqueada a pessoa continua a respirar e geralmente tosse para tentar expelir o alimento da via aérea.
  • quando a via aérea é completamente bloqueada, a pessoa é incapaz de respirar e o bloqueio completo pode levar à morte.

Sinais de que uma pessoa está com a via aérea PARCIALMENTE bloqueada incluem: levar a mão à garganta, parecer agitado e angustiado, olhos lacrimejantes, dificuldade para respirar (faz sons diferentes como ronco, chiado..), estar tossindo e não parar, a fala fica incompleta e com baixo volume, rosto vermelho e pode ficar pálido.

Sinais de que uma pessoa está com a via aérea COMPLETAMENTE bloqueada são os mesmos acima, porém com as seguintes diferenças: pode fazer muito esforço para respirar, NÃO faz sons ou chiado, NÃO consegue falar e NÃO consegue tossir. Pode perder a consciência.

A aspiração ocorre quando o alimento ou bebida entra na via aérea de uma pessoa e se move para baixo em seu pulmão. Isso pode causar tosse e pode resultar em pneumonia. A aspiração pode ainda ser SILENTE, ou seja, o paciente não tosse e não apresenta sinais de aspiração (ver sinais de disfagia aqui). 

O que fazer? 

Estar orientado pelo médico sobre primeiros socorros. Chamar a emergência assim que perceber risco de sufocamento. Procurar ajuda imediata para manejo da alimentação do paciente (o profissional de fonoaudiologia irá fazer as adaptações necessárias para oferecer segurança na alimentação).

O que pode aumentar o risco de asfixia/aspiração:

  • distração durante as refeições (por exemplo, falar, rir, fazer movimentos rápidos de cabeça e pescoço para ver o que está acontecendo, enquanto tem comida na boca)
  • ter dificuldades de deglutição (disfagia)
  • ser dependente para alimentação
  • comer rápido (quando o paciente come sozinho)
  • ser alimentado muito rápido (por um cuidador)
  • não estar alerta durante as refeições
  • não estar em posição vertical durante as refeições
  • requerer assistência para beber (aumenta o risco em 4 vezes)
  • não seguir as recomendações necessárias sobre alimentação orientadas pelo profissional.

Existem muitas estratégias que podem ser usadas para ajudar as pessoas que têm problemas de deglutição a terem uma alimentação segura e continuarem a desfrutar de suas refeições. É importante procurar aconselhamento e colaborar como a equipe para apoiar as pessoas que estão enfrentando qualquer problema na hora das refeições. No próximo post falaremos mais sobre essas estratégias!

 

♦ As informações contidas neste Blog têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, fonoaudiólogos, nutricionistas ou outros especialistas. Se tiver alguma dúvida, procure um dos profissionais.

 

 

 

 

 

 

Anúncios

3 comentários em “Entendendo o Problema: Sobre Aspiração, Asfixia… #porumpastosomelhor

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s