Disfagia e Inverno – Creme de Feijão Branco e Funghi #porumpastosomelhor

Friozinho segue aqui pelo Sul e nesse clima a gente pensa muito em uma sopinha quente, né!? Olha que delícia essa receita nova para variar os sabores da dieta pastosa do nosso paciente disfágico! Fica ótimo servir como uma entradinha também 😉

Continuar lendo “Disfagia e Inverno – Creme de Feijão Branco e Funghi #porumpastosomelhor”

Inscrições abertas para Oficina de Culinária Adaptada em Porto Alegre! #porumpastosomelhor

Estão abertas as inscrições para mais uma Oficina de Culinária Adaptada para Disfagia em Porto Alegre! Será no dia 25 de Agosto e desta vez, a turma será aberta para todos os que se envolvem e querem saber mais sobre a dieta para o paciente disfágico.

Continuar lendo “Inscrições abertas para Oficina de Culinária Adaptada em Porto Alegre! #porumpastosomelhor”

O Inverno chegou…e com ele comidas pastosas quentinhas!♥♥ #porumpastosomelhor

Dia 21/06 começou oficialmente o Inverno no Brasil! Não que já não estivesse frio há vários dias, principalmente aqui no Sul, mas a data oficial é essa (rsrsrs)!

Continuar lendo “O Inverno chegou…e com ele comidas pastosas quentinhas!♥♥ #porumpastosomelhor”

É tempo de Festa Junina Pastosa!!! #porumpastosomelhor

As comidinhas típicas de festa junina estão por todo lado este mês, né? Mas, e o paciente disfágico? Como fica? Tem alguma coisa que ele pode comer??! Bom, a resposta é Não.. porque a maioria das comidinhas juninas tem uma consistência muito difícil pro paciente disfágico e oferece muito risco de engasgos, asfixia e aspiração: amendoim doce, pé-de-moleque, cocada, canjica, pipoca, vinho quente, rapadura, bolo de milho, pamonha, amendoim, pipoca doce, cuzcuz, quentão, entre outras. Mas isso não quer dizer que o paciente disfágico não possa participar de uma festa junina…que tal preparar gostosuras e levar para ele comer no local da festa?! Ou ainda, pode-se preparar as gostosuras em casa para curtir esses sabores tradicionais desta época sem correr nenhum risco à sua deglutição! Confere estas receitas que já postei aqui no Blog:

(E logo trago mais receitas novas!!!)

Curau de Milho (este doce muitas festas juninas podem já ter na consistência ideal, pois o curau de milho é pastoso, assim como a pamonha – MAS CUIDADO: muitos fazem esses doces com os pedacinhos de milho, sem peneirar!!!!)

Sopa de Milho Verde com Páprica

Canjica Pastosa

Vinho Quente

Vinho Quente não-alcoólico

♥♥ Especial Dia das Mães com Disfagia ♥♥ Creme de Cogumelos

Pode ser servido como uma entrada, mas também pode ser prato principal, você decide! Esta receita da Rita Lobo é uma deliciosa – e glamourosa – receita para este dia Especial!

Creme de Cogumelos (receita da Rita Lobo)

Ingredientes

  • 3 xícaras (chá) de cogumelos-de-paris frescos (250 g)
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 1 ½ colher (sopa) de manteiga
  • 1 ½ xícara (chá) de caldo de carne caseiro
  • 1 xícara (chá) de creme de leite fresco
  • noz-moscada ralada na hora a gosto
  • sal e pimenta-do-reino moída na hora

MODO DE PREPARO

1. Limpe os cogumelos com um pano úmido: nada de lavar em água corrente ou deixar de molho – eles são como esponjas e isso acabaria com a textura e o sabor da preparação. Corte os cogumelos em fatias finas.

2. Descasque e pique fino a cebola e o alho.

3. Leve uma panela média com a manteiga ao fogo médio. Quando começar a espumar, junte os cogumelos e deixe dourar por cerca de 10 minutos, mexendo de vez em quando. Reserve numa tigela 1 colher (sopa) das fatias de cogumelo dourados para decorar a sopa.

4. Junte a cebola e o alho picados, tempere com uma pitada de sal e refogue por cerca de 2 minutos até murchar. Regue com o caldo de carne e tempere com sal, pimenta-do-reino e noz-moscada a gosto. Assim que ferver, diminua o fogo e deixe cozinhar por mais 5 minutos.

5. Transfira o creme para o liquidificador e bata até ficar liso. Atenção: segure a tampa com um pano de prato para conter o vapor (se preferir, bata na própria panela com o mixer).

6. Volte a sopa para a panela, misture o creme de leite e leve ao fogo médio, apenas para aquecer. Sirva a seguir, verificando antes se a consistência está correta, se necessário, ajuste.

 

√ Lembre sempre de verificar com a nutricionista se o paciente pode consumir os ingredientes da receita e as condições para inserí-la em sua dieta!

 

Receita: Site Panelinha

Foto: Google Images