☀Disfagia e Verão – Sopa Fria de Abóbora e Tangerina pra refrescar!!☀ #porumpastosomelhor

Receita nova para variar o cardápio!! Ela pode ser servida como entrada, antes do prato principal, que tal?!. Esta sopa com tangerina é a cara do verão!!! ☀❤

Ingredientes

  • 1 abóbora japonesa (cabotiá)
  • 3 colheres de sopa de óleo de gergelim
  • 1,5 lts de caldo de legumes ou de chá de sua preferência (chá de hortelã é uma boa opção)
  • 1 pedaço(s) de 2 cm de gengibre
  • 1 copo(s) grande de suco de tangerina (ou bergamota/ mexerica) (350 ml)
  • 2 dente(s) de alho picados
  • Sal a gosto
  • Água quanto baste

Modo de preparo

Retire a casca e as sementes da abóbora. Corte a abóbora em cubos. 

Em uma panela, cozinhe a abóbora com o alho picado, o gengibre inteiro e o caldo de legumes ou o chá, até que a abóbora fique macia. Retire do fogo e deixe amornar. Em seguida, coe a sopa e bata os sólidos no liquidificador, adicionando o líquido coado aos poucos até alcançar a consistência desejada (ela pode ficar mais pastosa ou mais líquida espessada, conforme necessário para o paciente). 

Adicione o óleo de gergelim, o suco de tangerina, o sal e continue batendo. O óleo irá deixar a sopa mais aveludada. Corrija o tempero a seu gosto. Pode servir fria ou quente.

OBS: Foto meramente ilustrativa, servir sem nenhum enfeite de tempero para o paciente! A sopa deve ser homogênea!

√ Lembre sempre de verificar com a nutricionista se o paciente pode consumir os ingredientes da receita e as condições para inserí-la em sua dieta!

Receita do restaurante Le Manjue Organique

Foto: Receitas Uol

☀Disfagia e Verão! Dieta Pastosa que Refresca ☀ #porumpastosomelhor☀

É inevitável, para qualquer pessoa, ter preferências alimentares segundo a estação do ano, não é!? Não que a gente não coma as mesmas coisas no inverno e no verão, mas que dá aquela vontade de comer comidas mais frescas agora no verão, dá, né!!! ☀☀ Dependendo da cidade então, o calor é tanto que só uma comidinha mais fresca mesmo para ajudar!

Como o paciente disfágico em Dieta Pastosa, não consegue mais comer, por exemplo, saladas, que são mais refrescantes, é preciso investir em outros preparos que possam oferecer maior frescor na hora das refeições. Uma boa opção são as Sopas Frias, Legumes pastosos servidos frios como salada, além, é claro, das várias opções líquidos refrescantes!

Aqui neste post, trago todas as receitas de Sopas Frias que já postei no Blog, pra ficar tudo mais fácil de acessar! Logo mais trago receitas novas☀

💖💚Ceia de Natal e Disfagia – no capricho com Camarão! 💖💚#porumpastosomelhor

Vamos caprichar nesta ceia e surpreender o paciente disfágico com um prato delicioso e especial como este?! Aposto que mais gente na família vai querer também!! Confere a receita:

Consomê de Camarão

Ingredientes

Refogado do camarão: 

  • 800 g de Camarão cinza limpo
  • 3g Alho picado
  • 30ml Azeite extra virgem
  • 2g Sal refinado
  • 2g Pimenta do reino

Creme:

  • 60g Cebola branca picada
  • 5g Alho picado
  • 40ml Azeite extra virgem
  • 900g Batata baroa
  • 50g Alho poró picado
  • 2 lt Caldo de camarão
  • 5g Colorau em pó
  • 2g Sal refinado
  • 2g Pimenta do reino

Modo de preparo

1. Refogue a cebola picada no azeite, junte o alho, o alho poró e o colorau, refogue sem deixar dourar. Adicione a batata e o caldo de camarão.

2. Depois da batata cozida bater no liquidificador. Reserve.

3. Refogue o alho no azeite junte os camarões, tempere com sal e pimenta e cozinhe por mais 3 minutos.

4. Volte com o creme de batata ao fogo, junte os camarões refogados. Bata novamente no liquidificador e, se necessário, ajuste a consistência adequada ao paciente.

IMPORTANTE: * Mais batata para ficar mais pastoso, mais água no cozimento para líquido espessado, vai depender da necessidade do paciente. Você pode ajustar na hora com espessante também.

√ Lembre sempre de verificar com a nutricionista se o paciente pode consumir os ingredientes da receita e as condições para inserí-la em sua dieta!

Foto: Google Images e Receita: Blog Chef Cris Leite

💚💖Disfagia e Natal! 💚💖Receitas do Blog!! #porumpastosomelhor

Para completar o post anterior, vou compilar aqui algumas receitas postadas no Blog que servem de sugestão para o Natal, assim fica mais fácil acessar 😉💚 (perdeu o post anterior? Confere aqui!)

Vamos começar pelos drinks, né? Confere estas receitas:

Além disso, também é possível espessar espumante, vinho, e qualquer outra bebida que o paciente prefira. Confira sempre se há liberação médica para consumo de álcool!

Espero que gostem e aproveitem algumas receitas! Quem quiser compartilhar comigo fotos da sua Ceia Pastosa, vou ficar muito feliz! Vamos mostrar ao mundo que a Dieta para Disfagia também pode ser deliciosa sim!! 💖

Feliz Natal à todos! 🎄✨

❤❤ É Natal!! E a Dieta para Disfagia!!?? ❤❤ Confira estas dicas! #porumpastosomelhor

O Natal já está aí, e com ele aquele momento de celebrar, compartilhando alimentos tradicionais com a família e os amigos. Mas quando se está tendo problemas para engolir, o ato de comer pode ser assustador, difícil ou mesmo perigoso. Pode criar ansiedade no paciente e na família, impedir que se esteja no momento da celebração, participar da conversa na mesa e aproveitar a ocasião como todo mundo. Não ser capaz de compartilhar refeições familiares tradicionais de maneira “normal” pode ser frustrante e desafiador e pode piorar a situação.

É compreensível que tanto o paciente quanto os familiares sintam-se tentados a “trapacear” durante as festas e acabem comendo ou oferecendo alimentos que não fazem parte de seu plano alimentar atual. Alimentos tradicionais têm um lugar especial na mesa nesta época, mas se esses alimentos têm a textura errada, eles podem ser um problema para alguém com disfagia. Pode inclusive ser fatal. Por exemplo, as tradicionais castanhas e frutas secas de Natal são um risco de asfixia, e desfrutar de uma refeição festiva pode significar uma viagem de emergência ao hospital.

É possível sim que alguém com disfagia coma quase tudo na mesa de jantar com algumas modificações, ou que sejam preparados pratos especiais, e que haja diversas opções para o paciente!! É só planejar!

Para aqueles em uma dieta pastosa, algumas modificações serão necessárias para fazer alguns alimentos terem a consistência certa. Veja estas dicas:

  • Para transformar algumas opções da mesa em pastoso, um poderoso mini processador de alimentos ou um mixer se tornará uma ferramenta inestimável. Os processadores e liquidificadores de tamanho normal não funcionam porque são grandes demais para triturar de maneira eficiente uma ou duas porções pequenas na consistência correta.
  • O uso do espessante alimentar instantâneo pode assegurar a consistência correta de drinks, caso o paciente possa consumir bebida alcóolica nas festividades!
  • Sempre, sempre, sirva os alimentos separados. Cada alimento tem sua cor e seu sabor. Mantenha isso para que o paciente possa identificar o que está comendo.
  • Ao jantar com pessoas com problemas de deglutição, lembre-se de ser respeitoso ao oferecer alimentos semelhantes à refeição de Natal – por exemplo, peru ou chester assado pastoso se você está servindo uma dessas opções – e evite comer alimentos que você sabe que a pessoa ama, mas não pode consumir.
  • Monte um canto da mesa com opções pastosas para o paciente escolher e se servir, ao invés de servir o prato pastoso pronto!
  • Sentar-se para uma refeição é muito mais do que apenas comida. Entrar no espírito de Natal com cenários de mesa temáticos, decoração e música pode ajudar a elevar o espírito de todos e tornar o evento cheio de diversão festiva. Afinal, muito amor, carinho e atenção alimentam a alma de qualquer um ❤❤

    *** As fotos deste post são meramente ilustrativas. No caso do paciente disfágico em dieta pastosa exclusiva, NÃO PODE HAVER NENHUM pedacinho, nem mesmo os de decoração como nos pratos das fotos. ***