Dieta Pastosa e Páscoa! Refeição especial! #porumpastosomelhor

A Páscoa está chegando e está na hora de se programar para o almoço especial. Seja na sexta-feira santa ou no Domingo de Páscoa, é certo que cada família tem suas tradições e pratos especiais. Aqui no Blog tenho algumas receitas que podem ajudar você a escolher algo especial para o paciente disfágico. Escolhi as que eu acho que combinam com a ocasião!

Creme de Aspargos – veja a receita aqui

Creme de Alho Poró – veja a receita aqui 

Creme de Peixe com Molho de Maracujá – veja a receita aqui

Purê de Abóbora com Ricota e Curry – veja a receita aqui

Molho de Abacaxi para Assados – veja a receita aqui

Purê de Ervilha com hortelã – veja a receita aqui

 

√ Lembre sempre de verificar com a nutricionista se o paciente pode consumir os ingredientes da receita e as condições para inserí-la em sua dieta!

Dieta Pastosa: A Páscoa está no ar… #porumpastosomelhor

Estamos chegando perto de mais uma Data Comemorativa: a Páscoa! ♥♥♥

Pra mim, essas datas são realmente especiais…é o momento em que as famílias se reúnem, preparam comidas especiais para se reunir à mesa, sendo um importante evento de interação social entre a família e amigos. Sempre digo que a comida é muito mais do que uma necessidade fisiológica. Para muitas pessoas, ela representa conforto, segurança e sensação de pertencer.

Preparar alimentos de maneira especial, usar decorações simples para a temática da data comemorativa dão uma excelente oportunidade de mudança no ritmo das refeições pastosas do paciente disfágico.

Vamos caprichar nesta Páscoa então??

A Páscoa é uma comemoração religiosa, que indica o momento da ressurreição de Jesus Cristo, e é considerada uma das principais comemorações realizadas pelos cristãos. Cada país, cada cultura tem seus símbolos e comidas típicas. Aqui no Brasil temos como principais tradições e símbolos o coelho, os ovos de páscoa, chocolates, peixes…

Então vamos pensar em fazer algo diferente nesta Páscoa, variar sabores e usar e abusar das tradições. Vou te ajudar dando algumas dicas e uma série de posts sobre a Páscoa! Acompanhe!!

Neste post trago sugestões de decoração de mesa com a temática desta data para vcs se inspirarem!

Espero que gostem,

Fotos: Google Images

Para refrescar Sopa Fria de Ervilha com Hortelã #porumpastosomelhor

Finzinho de domingo e eu pensando na janta… O calor segue que segue e não adianta, dá vontade de comer coisas que refresquem não é mesmo!? Passando pelas minhas pesquisas de receitas que sejam adaptáveis para os pacientes disfágicos, vi esta de Ervilha bem refrescante e corri pra postar! Ela é muito rápida e prática (é receita da Rita Lobo, que adoro!) e pode servir como Entrada para uma refeição. A receita rende 4 porções, dá pra família toda provar!! Bora fazer!?

Espero que gostem!

Continuar lendo “Para refrescar Sopa Fria de Ervilha com Hortelã #porumpastosomelhor”

Falando sobre Dieta Pastosa -Dicas para um pastoso melhor!

Para o paciente disfágico e seus familiares, receber o diagnóstico de Disfagia e da necessidade de alterar sua alimentação para uma Dieta Pastosa, provoca um sentimento assustador e a rotina das refeições pode se tornar um momento de grande ansiedade e dificuldades. Esclarecimento e orientação de forma adequada para realizar essa alteração na alimentação são fundamentais para um sucesso no gerenciamento da disfagia. Por isso, hoje trago algumas dicas importantes para esse momento ser mais tranquilo para o paciente, seus familiares e cuidadores envolvidos com sua alimentação.

1 – Paciência e palavras encorajadoras em relação à dieta pastosa faz com que o paciente disfágico se sinta mais confortável com a alimentação.

2 – Por favor, não chame a Dieta Pastosa de comida de bebê!

3 – Faça uma lista das comidas preferidas do paciente e procure sempre incluir nas refeições no dia-a-dia.

4 – Se organize e planeje as refeições para a semana para facilitar o preparo das refeições. Faça uma programação do que deve ser feito para a semana ou para 15 dias.

5- É possível incluir pratos no seu planejamento que possam ser os mesmos do cardápio familiar e serem triturados somente a porção do paciente. Isso facilita muito para quem cozinha.

6 – Separe um dia para cozinhar quantidades maiores de alguns pratos selecionados e congele em potes pequenos várias porções para facilitar o dia-a-dia.

7 – Não esqueça de etiquetar os potes que vão ao congelador, pois os pastosos podem ficar com cores parecidas e você não saberá o que é depois. Coloque a data também!

8 – Para organizar ainda mais e facilitar o planejamento das refeições, tenha à mão uma lista dos itens que você tem congelado, assim pode mesclar alguns itens congelados e preparar alguns na hora da refeição.

9 – Organize o ambiente para ser convidativo às refeições. Um ambiente tranquilo, livre de distrações; servir as refeições na mesa, junto aos familiares; caprichar na apresentação do prato, entre outras coisas, auxilia a deixar as refeições mais agradáveis.

10 – Deixe o paciente ver e sentir os cheiros da sua comida antes de começar a comer. Explique o que há no prato, se necessário.

11 – Sempre, sempre, sirva os alimentos separados. Cada alimento tem sua cor e seu sabor. Mantenha isso para que o paciente possa identificar o que está comendo. É claro que incluir sopas e cremes, onde tudo é batido junto também faz parte da Dieta Pastosa, só não pode ser feita somente disso!

12 – Assim como para qualquer pessoa – variação é tudo! Não caia na monotonia!

Foto: Google Images

É verão! Dieta Pastosa x Sorvete #porumpastosomelhor

Quem tem um paciente ou um familiar disfágico com certeza já se deparou com o dilema do Sorvete!! Afinal de contas, ele é pastoso ou não??!  NÃO! Sorvete não é pastoso e o grande perigo é que quando em contato com a boca (que é quente), ele derrete, tornando-se um líquido e um grande risco de ser aspirado ou microaspirado para o pulmão.  O mesmo serve para os frozen iogurtes, sorbets e inclusive, para a gelatina! Muito cuidado com a consistência que engana!!

Pensando em oferecer uma opção refrescante e já que sorvete é uma iguaria que agrada a quase todos os paladares, testei hoje uma receita facílima, com poucos ingredientes e que dá uma bela opção de sorvete não só para o paciente disfágico, mas para toda a família!! (Aqui em casa as crianças amaraaam!!!)

A dica é ter sempre em casa banana congelada (você descasca aquela banana que já está ficando muito madura, sabe?!, enrola em papel filme e leva ao congelador). Ela dura meses…depois é só ir variando sabores!! Desta vez testei com doce de leite! DI-VI-NO!

Espero que gostem 😉

Continuar lendo “É verão! Dieta Pastosa x Sorvete #porumpastosomelhor”