Culinária Adaptada

A Culinária Adaptada em Disfagia é a modificação da alimentação do paciente disfágico para uma consistência que seja mais segura para ele. Esta modificação pode ser dos alimentos sólidos, dos líquidos ou de ambos. Apesar de parecer fácil, adaptar uma alimentação normal pode ser um desafio, já que na consistência pastosa o sabor, a variedade e a aparência da refeição podem estar comprometidos, interferindo na aceitação e ingesta do paciente.

Meu objetivo é poder orientar tanto os profissionais quanto os familiares e cuidadores de pacientes disfágicos a respeito da dieta pastosa, demonstrando as consistências, e dando dicas de como fazê-las. Com ênfase nos sabores e aparência do prato, demonstro que é possível oferecer uma refeição bastante saborosa e atrativa, além de variada, devolvendo a dignidade ao se alimentar ao paciente.

Prato principal: Purê de batatas, creme de moranga, creme de espinafre, frango ao molho de 4 queijos e cumbuquinha de feijão. Foto: Fonocozinhando

24 comentários em “Culinária Adaptada

  1. Muito interessante o tema do seu blog.
    Sou Terapeuta da Fala em Portugal e pela primeira vez li um blog orientado para a culinária adaptada para doentes com disfagia, uma óptima ideia e uma belicissima forma de incentivar os pacientes, cuidadores e até Terapeutas para este desafio.

    Obrigada por partilhar a sua sabedoria.
    Daniela Gonçalves

    Curtir

  2. Estou muito feliz em encontrar seu blog. Meu pai tem disfagia há 6 anos. Sua dieta deve ser de pastosa para líquida. Em dias comuns ele aceita as sopas, mas todos os dias enjoa. Além disso, em datas comemorativas sempre temos dificuldades em colocá-lo à mesa, passando vontade por não poder comer do nosso cardápio. Espero ver mais receitas aqui pra melhorar a qualidade de vida dele.

    Curtir

  3. Bom dia, minha mae tem ELA a 6 meses e tem disfagia, gostaria de adicionar a carne (vermelha) a sua dieta, de que forma, que outras receitas posso utilizar?

    Parabéns pela iniciativa

    Obrigado

    Curtir

  4. Muito interessante! Ultimamente ando procurando artigos e orientações para paciente com ELA. Esse blog ajudará muito. Parabéns pelas informações.

    Curtir

  5. Olá! Meu paizinho tem 85 anos e tem problema de disfagia. Começou no ano passado, e sua dieta é pastosa e liquidos espessados. O que ele adora é pastel, coxinha e kibe. Poderia me passar algumas receitas?

    Curtir

  6. Oi Cris,
    É um prazer ver o seu trabalho, humanizado e diferenciado. Essa sua iniciativa é muito bem vinda, traz para nós profissionais de saúde um pouco do seu conhecimento e de sua ciência, mostrando que a dieta pastosa pode ser atrativa, gostosa e bem aceita pelas pessoas com disfagia, e que vai muito além de alimentos liqüidificados todos juntos, monocromático, permite que o paciente possa ter prazer em comer, possa aguçar os sentidos, possa degustar cada alimento, sentindo o gosto de cada um deles. Parabéns

    Flávia

    Curtir

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s