❤🐰Disfagia na Páscoa! Dicas e receitas! 🐰❤

Neste post vou juntar tudo que já postei aqui no Blog para a Páscoa, assim facilita o acesso para quem quiser dar uma checada!

Dicas de decoração de mesa neste post aqui!

Guardanapo de Coelho aqui!

Sobremesas e Doces de Páscoa aqui, aqui e aqui!

Dicas de Receitas aquie aqui !

Anúncios

💖💚Ceia de Natal e Disfagia – no capricho com Camarão! 💖💚#porumpastosomelhor

Vamos caprichar nesta ceia e surpreender o paciente disfágico com um prato delicioso e especial como este?! Aposto que mais gente na família vai querer também!! Confere a receita:

Consomê de Camarão

Ingredientes

Refogado do camarão: 

  • 800 g de Camarão cinza limpo
  • 3g Alho picado
  • 30ml Azeite extra virgem
  • 2g Sal refinado
  • 2g Pimenta do reino

Creme:

  • 60g Cebola branca picada
  • 5g Alho picado
  • 40ml Azeite extra virgem
  • 900g Batata baroa
  • 50g Alho poró picado
  • 2 lt Caldo de camarão
  • 5g Colorau em pó
  • 2g Sal refinado
  • 2g Pimenta do reino

Modo de preparo

1. Refogue a cebola picada no azeite, junte o alho, o alho poró e o colorau, refogue sem deixar dourar. Adicione a batata e o caldo de camarão.

2. Depois da batata cozida bater no liquidificador. Reserve.

3. Refogue o alho no azeite junte os camarões, tempere com sal e pimenta e cozinhe por mais 3 minutos.

4. Volte com o creme de batata ao fogo, junte os camarões refogados. Bata novamente no liquidificador e, se necessário, ajuste a consistência adequada ao paciente.

IMPORTANTE: * Mais batata para ficar mais pastoso, mais água no cozimento para líquido espessado, vai depender da necessidade do paciente. Você pode ajustar na hora com espessante também.

√ Lembre sempre de verificar com a nutricionista se o paciente pode consumir os ingredientes da receita e as condições para inserí-la em sua dieta!

Foto: Google Images e Receita: Blog Chef Cris Leite

💚💖Disfagia e Natal! 💚💖Receitas do Blog!! #porumpastosomelhor

Para completar o post anterior, vou compilar aqui algumas receitas postadas no Blog que servem de sugestão para o Natal, assim fica mais fácil acessar 😉💚 (perdeu o post anterior? Confere aqui!)

Vamos começar pelos drinks, né? Confere estas receitas:

Além disso, também é possível espessar espumante, vinho, e qualquer outra bebida que o paciente prefira. Confira sempre se há liberação médica para consumo de álcool!

Espero que gostem e aproveitem algumas receitas! Quem quiser compartilhar comigo fotos da sua Ceia Pastosa, vou ficar muito feliz! Vamos mostrar ao mundo que a Dieta para Disfagia também pode ser deliciosa sim!! 💖

Feliz Natal à todos! 🎄✨

❤❤ É Natal!! E a Dieta para Disfagia!!?? ❤❤ Confira estas dicas! #porumpastosomelhor

O Natal já está aí, e com ele aquele momento de celebrar, compartilhando alimentos tradicionais com a família e os amigos. Mas quando se está tendo problemas para engolir, o ato de comer pode ser assustador, difícil ou mesmo perigoso. Pode criar ansiedade no paciente e na família, impedir que se esteja no momento da celebração, participar da conversa na mesa e aproveitar a ocasião como todo mundo. Não ser capaz de compartilhar refeições familiares tradicionais de maneira “normal” pode ser frustrante e desafiador e pode piorar a situação.

É compreensível que tanto o paciente quanto os familiares sintam-se tentados a “trapacear” durante as festas e acabem comendo ou oferecendo alimentos que não fazem parte de seu plano alimentar atual. Alimentos tradicionais têm um lugar especial na mesa nesta época, mas se esses alimentos têm a textura errada, eles podem ser um problema para alguém com disfagia. Pode inclusive ser fatal. Por exemplo, as tradicionais castanhas e frutas secas de Natal são um risco de asfixia, e desfrutar de uma refeição festiva pode significar uma viagem de emergência ao hospital.

É possível sim que alguém com disfagia coma quase tudo na mesa de jantar com algumas modificações, ou que sejam preparados pratos especiais, e que haja diversas opções para o paciente!! É só planejar!

Para aqueles em uma dieta pastosa, algumas modificações serão necessárias para fazer alguns alimentos terem a consistência certa. Veja estas dicas:

  • Para transformar algumas opções da mesa em pastoso, um poderoso mini processador de alimentos ou um mixer se tornará uma ferramenta inestimável. Os processadores e liquidificadores de tamanho normal não funcionam porque são grandes demais para triturar de maneira eficiente uma ou duas porções pequenas na consistência correta.
  • O uso do espessante alimentar instantâneo pode assegurar a consistência correta de drinks, caso o paciente possa consumir bebida alcóolica nas festividades!
  • Sempre, sempre, sirva os alimentos separados. Cada alimento tem sua cor e seu sabor. Mantenha isso para que o paciente possa identificar o que está comendo.
  • Ao jantar com pessoas com problemas de deglutição, lembre-se de ser respeitoso ao oferecer alimentos semelhantes à refeição de Natal – por exemplo, peru ou chester assado pastoso se você está servindo uma dessas opções – e evite comer alimentos que você sabe que a pessoa ama, mas não pode consumir.
  • Monte um canto da mesa com opções pastosas para o paciente escolher e se servir, ao invés de servir o prato pastoso pronto!
  • Sentar-se para uma refeição é muito mais do que apenas comida. Entrar no espírito de Natal com cenários de mesa temáticos, decoração e música pode ajudar a elevar o espírito de todos e tornar o evento cheio de diversão festiva. Afinal, muito amor, carinho e atenção alimentam a alma de qualquer um ❤❤

    *** As fotos deste post são meramente ilustrativas. No caso do paciente disfágico em dieta pastosa exclusiva, NÃO PODE HAVER NENHUM pedacinho, nem mesmo os de decoração como nos pratos das fotos. ***

    É tempo de Festa Junina Pastosa!!! #porumpastosomelhor

    As comidinhas típicas de festa junina estão por todo lado este mês, né? Mas, e o paciente disfágico? Como fica? Tem alguma coisa que ele pode comer??! Bom, a resposta é Não.. porque a maioria das comidinhas juninas tem uma consistência muito difícil pro paciente disfágico e oferece muito risco de engasgos, asfixia e aspiração: amendoim doce, pé-de-moleque, cocada, canjica, pipoca, vinho quente, rapadura, bolo de milho, pamonha, amendoim, pipoca doce, cuzcuz, quentão, entre outras. Mas isso não quer dizer que o paciente disfágico não possa participar de uma festa junina…que tal preparar gostosuras e levar para ele comer no local da festa?! Ou ainda, pode-se preparar as gostosuras em casa para curtir esses sabores tradicionais desta época sem correr nenhum risco à sua deglutição! Confere estas receitas que já postei aqui no Blog:

    (E logo trago mais receitas novas!!!)

    Curau de Milho (este doce muitas festas juninas podem já ter na consistência ideal, pois o curau de milho é pastoso, assim como a pamonha – MAS CUIDADO: muitos fazem esses doces com os pedacinhos de milho, sem peneirar!!!!)

    Sopa de Milho Verde com Páprica

    Canjica Pastosa

    Vinho Quente

    Vinho Quente não-alcoólico