❤🐰Disfagia na Páscoa! Dicas e receitas! 🐰❤

Neste post vou juntar tudo que já postei aqui no Blog para a Páscoa, assim facilita o acesso para quem quiser dar uma checada!

Dicas de decoração de mesa neste post aqui!

Guardanapo de Coelho aqui!

Sobremesas e Doces de Páscoa aqui, aqui e aqui!

Dicas de Receitas aquie aqui !

Anúncios

☀Disfagia e Verão – Mocktail Piña Colada Espessada!!☀

Não tem como não associar abacaxi com frescor e verão, né?! Olha que delícia essa receita do drink Piña Colada sem álcool (mocktail). E a receita serve pra toda a família!! ☀❤

Ingredientes:

  • Gelo
  • 100 ml suco de abacaxi
  • 100 ml leite de coco
  • 50 ml água de coco
  • Pedaços de coco
  • Pedaços de abacaxi
  • Adoçante ou açúcar a gosto (opcional)
  • Espessante, o necessário

Modo de Preparo:

Bata os ingredientes no liquidificador, menos o espessante. Coloque em uma jarra ou taça grande, passando por uma peneira para que não fique gruminhos nem do abacaxi, nem do coco. Coloque o espessante necessário, conforme orientação recebida, na porção servida ao paciente (Espesse somente na hora de servir).

√ Lembre sempre de verificar com a nutricionista se o paciente pode consumir os ingredientes da receita e as condições para inserí-la em sua dieta!

Receita e Foto: GreenMe.com.br

☀ Disfagia e Hidratação: Mocktail!! Receita nova ☀ #porumpastosomelhor

Já ouviu falar em Mocktail!? Esse é o nome atualmente usado pela coquetelaria afora para um coquetel sem álcool!! Não é um suco, nem vitamina, mas para ser um bom mocktail, tem que ter uma mistura de sabores e complexidades como a de um saboroso drink – mas sem álcool.

Vamos testar uma receita nova e refrescante?! Olha essa delícia:

Mocktail de Água de Coco e Morango

  • 1 xícara (250ml) de água de coco fresca
  • 1 xícara (250 ml) de morangos descascados e fatiados
  • açúcar ou adoçante a gosto (opcional)
  • espessante, o necessário

Bata os ingredientes no liquidificador, menos o espessante. Coloque em uma jarra, passando por uma peneira para que não fique gruminhos do morango. Coloque bastante gelo, e coloque o espessante necessário, conforme orientação recebida, na porção servida ao paciente. Espesse somente na hora de servir.

√ Lembre sempre de verificar com a nutricionista se o paciente pode consumir os ingredientes da receita e as condições para inserí-la em sua dieta!

Receita e Foto: Senior Living Blog

Disfagia e Hidratação – 7 Dicas importantes #porumpastosomelhor

A hidratação no paciente disfágico é uma preocupação constante – não só no Verão – mas nesta época é preciso ficar ainda mais atento e criar maneiras de oferecer a hidratação adequada!

A desidratação é um problema sério de saúde, principalmente nos pacientes idosos. Por ser uma faixa etária onde a disfagia também está bastante presente, é preciso ter muita atenção para que isso não se torne uma emergência médica.

A desidratação nos idosos pode levar à

  • Infecções no trato urinário
  • Quedas frequentes
  • Agravamento de outras condições médicas (ex. renal ou cardíaca)
  • Hospitalização

Seguem algumas dicas para auxiliar a hidratação e aceitação de líquidos espessados pelo paciente disfágico:

  1. Mantenha água sempre gelada disponível – Deixe para espessar na hora de servir o paciente (você pode manter uma jarra ou garrafa de água específica para o paciente disfágico, assim pode controlar o consumo diário)
  2. Use e abuse de águas aromatizadas e saborizadas – Cores fortes, e variações coloridas atraem mais! Confira algumas receitas aqui!
  3. Pense além da água – Sabemos que a água é o melhor hidratante, mas outras bebidas também podem funcionar bem, principalmente em relação à aceitação.
  4. Pense além dos líquidos – Alguns pacientes disfágicos acabam preferindo mais comer do que beber, e aceitam muito pouco líquido. Então forneça alimentos com alto teor de água, como purê de vegetais, consomês (quentes ou frios), sucos de frutas, como melancia e melão. Mas nunca pare de insistir nos líquidos!!!
  5. Esteja atento à alimentos que desidratam – Preparos com alto teor de sódio, açúcares e cafeína, por exemplo.
  6. Forneça copos adequados para pacientes disfágicos – xícaras ou copos baixos e largos, que permitam que o paciente beba pequenos goles, “encaixando” o nariz, evitando que ele jogue a cabeça para trás (o que aumenta o risco de aspiração)
  7. Coloque alertas para lembrar de oferecer líquidos! – Muitas vezes, o paciente disfágico é alimentado por um cuidador, e não irá buscar se hidratar sozinho! Com tantas tarefas a fazer, não é difícil esquecer de estar oferecendo líquidos várias vezes ao dia. Para auxiliar, coloque alertas no celular durante o dia.

⚠ ⚠ Em outro post, falo dos sintomas de desidratação. Confere aqui! ⚠ ⚠

♦ As informações contidas neste Blog têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, fonoaudiólogos, nutricionistas ou outros especialistas. Se tiver alguma dúvida, procure um dos profissionais.

💖💚Ceia de Natal e Disfagia – no capricho com Camarão! 💖💚#porumpastosomelhor

Vamos caprichar nesta ceia e surpreender o paciente disfágico com um prato delicioso e especial como este?! Aposto que mais gente na família vai querer também!! Confere a receita:

Consomê de Camarão

Ingredientes

Refogado do camarão: 

  • 800 g de Camarão cinza limpo
  • 3g Alho picado
  • 30ml Azeite extra virgem
  • 2g Sal refinado
  • 2g Pimenta do reino

Creme:

  • 60g Cebola branca picada
  • 5g Alho picado
  • 40ml Azeite extra virgem
  • 900g Batata baroa
  • 50g Alho poró picado
  • 2 lt Caldo de camarão
  • 5g Colorau em pó
  • 2g Sal refinado
  • 2g Pimenta do reino

Modo de preparo

1. Refogue a cebola picada no azeite, junte o alho, o alho poró e o colorau, refogue sem deixar dourar. Adicione a batata e o caldo de camarão.

2. Depois da batata cozida bater no liquidificador. Reserve.

3. Refogue o alho no azeite junte os camarões, tempere com sal e pimenta e cozinhe por mais 3 minutos.

4. Volte com o creme de batata ao fogo, junte os camarões refogados. Bata novamente no liquidificador e, se necessário, ajuste a consistência adequada ao paciente.

IMPORTANTE: * Mais batata para ficar mais pastoso, mais água no cozimento para líquido espessado, vai depender da necessidade do paciente. Você pode ajustar na hora com espessante também.

√ Lembre sempre de verificar com a nutricionista se o paciente pode consumir os ingredientes da receita e as condições para inserí-la em sua dieta!

Foto: Google Images e Receita: Blog Chef Cris Leite